DECOLONIALIDADE E CONCEPÇÕES DE LÍNGUA Uma crítica linguística e educacional

R$ 39,00
Disponibilidade: 50
Editora: Pontes Editores
Ano: 2020
ISBN: 978655637006-
Visualizado: 269
Autor (es): Leandro Queiroz
Páginas: 174
Qtd:     


As melhores Seleções estão aqui!
PONTES EDITORES

Dúvidas ?
Fale agora com nossos vendedores
Fone: 19 3252-6011

 

No momento atual em que vivenciamos um cotidiano por onde circulam múltiplas versões da verdade, cada uma exigindo ser a única e derradeira, passa a ser urgente questionar o status quo e sua herança complexa de desigualdades simultaneamente mascaradas e escancaradas. Um aspecto específico e preocupante que marca esse momento é a quase hegemônica rejeição de pedagogias que ensinam a refletir, criticar e transformar o mundo. Este livro de Leandro Queiroz DECOLONIALIDADE E CONCEPÇÕES DE LÍNGUA: uma crítica linguística e educacional traz elementos essenciais para pensarmos esse contexto atual que quase inviabiliza a Educação. É uma contribuição importante para o pensamento decolonial que com certeza abrirá caminhos para uma pedagogia que não só anseia por, mas pode viabilizar de fato a justiça social. 

 

Lynn Mario T. Menezes de Souza

Professor titular da Universidade de São Paulo

 

 

O Brasil é um país imperial. Exclui do currículo oficial, por exemplo, as línguas indígenas, continuando o processo colonial de negação e marginalização. Decolonialidade e concepções de língua: uma crítica linguística e educacional nos estimula para que descolonizemos nossas mentes e modos de pensar, ao interrogar as possibilidades de uma pedagogia que ensine a falar e pensar com e não mais contra (ou sobre, que é uma outra maneira de negar e dominar) os povos que foram colonizados e contribuíram para fazer o Brasil de hoje. Os jovens brasileiros e brasileiras têm direito de interagir com a juventude nativa. Se não for através de uma das suas numerosas línguas, que seja ao aprenderem o português segundo uma prática pedagógica decolonial que inclua a alteridade e pluralidade. Leandro Queiroz expõe com erudição e pertinência as bases teóricas e práticas de tal pedagogia, que podem inspirar muitos e muitas educadoras e pesquisadoras.

 

Jacques Henri Maurice Gauthier

Professor titular - Ministère de l'Éducation Nationale (França)

Criador da Sociopoética

Informações
Autor (es) Leandro Queiroz
Páginas 174

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação:    Ruim            Bom

Digite o código da imagem: