DESIGN DE VERBETE DE SUBSTANTIVO PARA UM DICIONÁRIO BILÍNGUE PORTUGUÊS-LIBRAS

R$ 40,00
Disponibilidade: 50
Editora: Pontes Editores
Ano: 2020
ISBN: 9788521700784
Visualizado: 265
Autor (es): Adja Balbino de Amorim B.Durão / Jaqueline Boldo / Juliana Tasca Lohn / Saulo Zulmar Vieira
Páginas: 118
Qtd:     


As melhores Seleções estão aqui!
PONTES EDITORES

Dúvidas ?
Fale agora com nossos vendedores
Fone: 19 3252-6011

 

Este livro que, indiscutivelmente, tem um componente de ineditismo, foi elaborado por um grupo forma­do por uma professora ouvinte, doutora e pesquisadora da (Meta)Lexicografia, e três professores surdos, mestres e professores de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), a língua gestual-visual-espacial dos surdos brasileiros. Sua finalidade principal vem a ser chamar a atenção de surdos e ouvintes sinalizantes para a grande importância de contar com obras lexicográficas que lematizem, segundo critérios científicos, não apenas unidades lexicais simples, mas também unidades lexicais compostas e complexas, haja vista sua grande produtividade nos discursos escritos e orais de qualquer falante da língua portuguesa, segunda língua dos surdos brasileiros. Partindo da des­crição da estrutura textual de verbetes de substantivos extraídos de obras de referência elaboradas na direção Português-Libras, por um lado, se pretende mostrar que de modo geral as unidades lexicais do Português e seus equivalentes de tradução para a Libras não têm sido incor­porados em obras de referência que envolvem as línguas aqui em questão. Por outro lado, tem-se a finalidade de apresentar uma proposta original de verbete para a classe gramatical substantivo inspirada em duas teorias da (Meta)Lexicografia: a Teoria Funcional da Lexicografia -que como vem sendo ventilado por estudiosos desse ramo da Lexicografia, por envolver todos os aspectos da Lexicografia, é uma teoria geral-, e a Teoria da Lexicografia Bilíngue Contrastiva, que é uma teoria específica ou paradigma. A defesa que subjaz a este trabalho é a de que as obras de referência que pretendem se constituir como ferramentas complementa­res de ensino e aprendizagem de línguas mais do que quaisquer outro tipo de obra lexicográfica, a esta altura dos avanços dos estudos da (Meta)Lexicografia não devem continuar a ser elaboradas com base na intuição de seus autores. Ao contrário: devem ser elaboradas sobre o alicerce dos princípios da (Meta)Lexicografia ou, se for o caso, nos termos ou da Lexicografia Especializada e/ou da Termi­nografia.

 

Adja Balbino de Amorim Barbieri Durão

Informações
Autor (es) Adja Balbino de Amorim B.Durão / Jaqueline Boldo / Juliana Tasca Lohn / Saulo Zulmar Vieira
Páginas 118

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação:    Ruim            Bom

Digite o código da imagem: